Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Retratos de Mim

Retratos de Mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Blogger

15
Nov17

Casar ou nao, heis a questao?


A Ribatejana

 

 

O casamentoResultado de imagem para casamento

O casamento é para mim um simples faz de conta, não falo dos laços de paixão que unem dois seres que se amam, mas sim daquela festividade toda que se forma em torno da cerimónia em si. Por um dia os noivos são tratados e venerados como deuses, os lisonjeos multiplicam-se, não há noivas, nem noivos feios, e se os há todos fingem que não. “Estás tao linda, que lindo vestido e o bouquet então é fabuloso” que noivo tao jeitoso, vai com certeza dar um bom marido, é um ótimo rapaz”. A hora da missa é uma “seca” deprime-me imenso, não tenho paciência para ouvir o blablabla do padre, e outrora detestava aquela parte em que a futura noiva jurava obediência ao marido, como se de facto este lhe fosse superior. Hoje em dia os casamentos duram pouco, a taxa divórcios é elevadíssima, e porque será? As senhoras antigas dizem que a culpa é das meninas, que não sabem acatar mansamente o seu papel de dona de casa, que não compreendem que como mulheres lhes está destinado tratar não só dos filhos, mas também dos maridos, sim, dos maridos! É que estes apesar de estarmos no século XXI continuam a pensar que à mulher cabe o dever serviçal de tratar deles como se fossem bebés, haja paciência meus senhores, no casamento as tarefas são divididas, e não venham com a conversa que passar a ferro não é “macho” ou que não fazem porque não têm jeito, se não sabem fazer aprendam, ponto final. Depois existem outros fatores que fazem com que as atenções se voltem para outras pessoas, e se antigamente o homem não era mal visto se tivesse uma amante fora do casamento, aliás, muitos eram os senhores abastados que tinham affaires com as suas criadas, hoje em dia as moças casadas não ficam recatadamente em casa enquanto os maridos “pulam a cerca” se eles as enganam, elas não se ficam atrás, o mundo moderno está cheio de oportunidades para cair em tentação, e, as redes sociais vieram contribuir e muito para o fim das relações. Hoje salta-se de galho em galho, ou melhor dizendo, de casamento em casamento com uma enorme facilidade, assim sendo e se estão de facto apaixonados, não se casem, juntem-se, vai dar exatamente ao mesmo e a carteira agradece

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D