Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Retratos de Mim

Retratos de Mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Blogger

08
Mai17

Vem aí a festa brava 2017


A Ribatejana

Resultado de imagem para festa brava benavente 2016

 

Quem vive em terras Ribatejanas conhece e reconhece a beleza da Festa Brava,e  a tao proclamada "Festa da amizade de Benavente" que desde junho de 1968 junta conterrâneos e desconhecidos do país todo, este é um  dia em que a tourada, os bailes de rua, a sardinha, o pão e vinho, são festejados de forma simples e gratuita pelas ruas da nossa vila. Logo pela manhã do última sábado do mês de Junho, repete-se uma tradição antiga,na qual campinos, cavalos e cabrestos se juntam nas Lezíria, traçando um caminho pelas estradas da terra, para delícia das centenas de turistas que vieram de norte a sul do país assistir à festa, depois rumo ao calvário, começa a picaria que irá findar já da parte da tarde, sobre os aplausos entusiasmados das gentes que ali permanecem.Nesse dia os autocarros multiplicam-se, e deles vemos sair famílias inteiras, que com alegria cantam e dançam o dia da amizade, podemos ver também múltiplas tendas montadas nos relvados, sobretudo para aqueles que desejam permanecer até à aurora, é a televisão que passa em direto as festividades do dia, danças e cantares da nossa terra para todos os gostos,  mas o momento chave, o que entusiasma, o que provoca adrenalina e medo, é sem dúvida a entrada e passagem do touro bravo pelas ruas, que cercado por campinos e acompanhado por cabrestos, irrompe selva-gemente traçando um caminho que nem sempre corre bem, pois por vezes, foge o touro e nasce o medo de o encontrar pela frente. Chegam as vinte horas, ouvem-se foguetes , juntam-se as músicas e os gritos de euforia, acendem-se fogareiros em toda a nossa vila, inicia-se a distribuição da tão esperada sardinha assada de Benavente. Depois e já com a barriguita cheia e um "Graozinho na asa" percorrem-se caminhos de ruas e ruelas, assistindo-se a beleza das montras tradicionalmente vestidas, e dança-se ao som dos todos os conjuntos distribuídos estrategicamente pela vila. Da-se o toque das vinte e três horas, um foguete é lançado, solta-se um touro na área que circunda a escola primária, e são gentes e gentes, que sem medos decidem afrontar um bicho bravo, esta é a parte que menos prazer me dá, não gosto de ver bestas aterrorizadas que atacam por medo, mas não tenho o direito de intervir junto de quem aprecia estes jogos selvagens. BEM VINDO À FESTA DA AMIZADE!

 

Resultado de imagem para sardinha assada de  2016Resultado de imagem para sardinha assada de  2016

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D